Nutrição & Obstipação

sousmart

01 Dezembro 2016

Sem comentários

Casa Nutrição

Nutrição & Obstipação

Nutrição & Obstipação

A obstipação também conhecida como prisão de ventre é uma perturbação intestinal relativamente comum, causada em geral, por maus hábitos alimentares, falta de exercício físico, patologias, medicação e/ou alterações emocionais.

Contudo, na maioria dos casos as “obstipações” são ligeiras ou transitórias e resolvidas através de uma mudança nos hábitos alimentares, principalmente através do seu conteúdo em fibra!

Os sintomas são: dificuldade na eliminação de fezes, evacuação pouco frequente e persistência da sensação da vontade de evacuar, mesmo após tê-la feito.

A Organização Mundial de Saúde Recomenda a ingestão diária de pelo menos 25g de fibra. Privilegiando o equilíbrio entre os vários tipos de fibra.

FIBRAS ALIMENTARES

Hidratos de Carbono indigeríveis com diferentes graus de solubilidade em água e de fermentação.

Fibras Insolúveis

Função: Aumentar a massa fecal; Promover os movimentos intestinais; Absorver toxinas promovendo um ambiente estável no cólon…

Alimentos: vegetais de folha verde escura; Leguminosas; Cereais integrais; Sementes; Frutos Oleaginosos…

Fibras Solúveis

Função: Absorver água; reduzir o colesterol; Fornecer substrato para as bactérias presentes no cólon produzirem substâncias benéficas; Controlar o esvaziamento gástrico…

Alimentos: Pectinas de frutos e vegetais, gomas provenientes de plantas e algas; Leguminosas; frutos oleaginosos, linhaça, batata…

Fibras Insolúveis

Fibras Solúveis

Dicas para Proteger o órgão apelidado de” Segundo Cérebro”, pela sua importância e capacidade de influenciar vários sistemas orgânicos.

– Beber pelo menos 1,5 litros de água diariamente;

– Consumir sopa ao almoço e jantar;

– Consumir hortícolas crus ou cozinhados nas refeições principais;

– Consumir 3 a 4 peças de fruta diversificada diariamente;

– Preferir cereais integrais;

– Evitar alimentos com muitos aditivos alimentares E’s;

– Limitar o consumo de bebidas alcoólicas que relaxam a musculatura intestinal e diminuem os seus movimentos naturais;

– Evitar os hidratos de carbono simples e açúcares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Arquivo